Notícias

30/04/2021 17:44 |

9ª sessão ordinária do Conselho Fiscal ocorre nesta sexta

Na manhã desta sexta-feira (30), o Conselho Fiscal da Fundação de Previdência dos Servidores Públicos Municipais Efetivos de Bauru (Funprev) realizou a 9ª sessão ordinária de 2021. 


Feita de maneira híbrida - com membros participando presencial e remotamente (por meio da plataforma Zoom Meeting) -, a reunião respeitou o distanciamento social e todos os outros protocolos sanitários em relação à pandemia de Covid-19. 


O encontro contou com a presença de Soraya de Goes (presidente), Eros Blattner Junior (secretário), Cristiane Nunes Pereira dos Santos, Elson Reis, Lucas Chasseraux Tauil e Rubens Roberto Rodrigues de Souza. Além dos integrantes do Conselho, participou também da sessão Donizete do Carmo dos Santos (presidente da Funprev).


Lidas as Atas do Conselho Curador (08/2021) e do Comitê de Investimentos (12,13 e 14/2021), os participantes ficaram a par dos encaminhamentos dados por eles às pautas de:


a) limpeza e higienização das caixas d’água; 

b) investimento na FIP Caixa Incorporação Imobiliária; 

c) contrato de locação de imóvel; 

d) demonstrativo da aplicação junto a Secretaria de Previdência; 

e) contratação dos serviços de telefonia e de links dedicados de internet;

f) sugestões de aplicações do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal;

g) formalização de convênio com a Faculdade Trevisan Ltda; e

h) alteração do anexo único da Resolução nº 76 do Regimento Interno.


Além disso, também foram apresentadas e aprovadas questões da controladoria interna da Funprev, tais como:


1. despesas de consumo de fevereiro/2021 e março/2021;

2. pagamento do IPTU 2021 da sede alugada;

3. adiantamento no atendimento das despesas de serviço de fevereiro/2021 e março/2021; e

4. apoio operacional na adesão da ata de registro de preço para a aquisição de açúcar.


Sobre a Compensação Previdenciária (Comprev), o servidor Ricardo José Baro (coordenador do grupo de trabalho criado com a finalidade de avaliar e dar resolução às pendências da Fundação) expôs o andamento das ações. Devido ao horário, foi acordada a necessidade de se marcar uma reunião extraordinária com a presença de outros membros do grupo para aprofundar os assuntos.


No encerramento da reunião, foi questionado o encaminhamento do grupo de trabalho da Previdência Complementar, mas o Conselho Fiscal recebeu a informação que os membros ainda não começaram os estudos. Também, agendou-se a próxima sessão ordinária para o dia 14 de maio. 


Clique aqui para visualizar as imagens.